Renata, a treinadora de Renas

Era uma vez uma menina chamada Renata que morava em Alcains e frequentava a Escola a Tempo inteiro. Ela tinha 10 anos e adorava o Natal. Todos os anos, esperava ansiosamente pelo dia 24 de dezembro, mantendo-se numa vigia atenta para tentar vislumbrar o Pai Natal.

Renata adorava renas e sonhava ser veterinária. Ela lia todos os livros que encontrava sobre o assunto e, assistia a todos os filmes. O seu quarto tinha até um estábulo de renas de brincar!

Um dia, Renata estava a brincar no seu quarto quando ouviu uma voz…

— Olá, Renata – disse a voz.

Renata virou-se e viu uma rena a olhar para ela. A rena era branca e tinha chifres brilhantes.

— Quem és tu? – perguntou Renata.

— Eu sou Prancer – disse a rena – Sou uma das renas do Pai Natal.

Renata ficou maravilhada. Ela sempre quis conhecer uma rena do Pai Natal.

— Como é que chegaste aqui? – Perguntou Renata.

 — O Pai Natal mandou-me – disse Prancer – Ele sabe que tu és uma treinadora de renas. Andamos muito cansadas. Podes ajudar?

— Sim! Já li muito sobre o assunto. Poderei tentar colocar a minha teoria em prática.

Era dia 1 de dezembro, Renata percebeu a urgência de concluir sua tarefa.

Ela visitava com frequência o consultório do médico veterinário da aldeia, solicitou-lhe se poderia fazer exames à Prancer, a resposta foi afirmativa, cheia de alegria e orgulho por parte do profissional.

Aplicou os seus conhecimentos e fez uma avaliação médico-desportiva. Semelhantes às que se fazem aos atletas profissionais.

Realizou uma série de exames, incluindo:

  • Exame físico
  • Eletrocardiograma
  • Teste de esforço:
  • Testes laboratoriais

Fez ainda outros exames que não estão aqui enunciados, registou minuciosamente todos os dados no computador, analisou os resultados e partilhou as conclusões com Prancer.

— Prancer! Já concluí, tenho o diagnóstico e as orientações para te dar.

Renata indicou que a fadiga e a falta de energia podem ter ocorrido por uma dieta inadequada e pela prática de um estilo de vida predominantemente sedentário.

Recomendou uma dieta apropriada e atividade física, indicou que deveriam estar focados, uma vez que tinham somente 23 dias de preparação.

As renas cumpriram e foi um sucesso. A equipa de renas Blitzen, Comet, Cupid, Dancer, Dasher, Donner, Prancer, Rudolph, Vixen estavam preparadíssimas, com toda robustez física para puxar a o trenó do Pai Natal.

Todas as crianças tiveram a alegria dos presentes, o da Renata foi muito bonito e com uma dedicatória muito especial do Pai Natal, renas e os duendes da Fábrica dos presentes de Natal.

Renata salvou a alegria do Natal!

Aprendemos nesta história, que o espírito de grupo é valioso, e que todos os elementos envolvidos numa atividade são importantes.

Pai Natal e os Duendes cumpriram a sua missão, mas se as Renas falhassem o trabalho, não seria cumprido.

É por isso que os teus professores te pedem concentração e bom comportamento nas aulas, para que não se perturbe a união e aprendizagem de todos os meninos.


Queres explorar outra história de Prancer através de um filme que assisti quando era pequenino? Clica aqui!

Podes Falar Com

Descubra, inspire-se na sua jornada pessoal, profissional com o Podes Falar Com – o seu guia para o entretenimento, leitura ou escrita.

Índice

Partilhar

Artigos recentes

Categorias

Follow Us

Weekly Tutorial

Inscreva-se na nossa Newsletter. Fique por dentro das novidades.

UPS! JÁ CLICOU “AQUI”?

Ainda não temos o próximo capítulo